terça-feira, 4 de novembro de 2008

Quando as metralhadoras (ainda) cospem

Segundo o jornalista Vítor Menezes, em nota publicada ontem no Urgente!, um colega de profissão dele, Avelino Ferreira, entraria num "período de, digamos, silêncio meditativo", abandonando a principal trincheira que vinha ocupando, o blog Aspectos. Esclarecendo o motivo desse veículo resolver "baixar armas", disse Menezes: "O grupo político da prefeita eleita, Rosinha, não quer deixar rastros de polêmicas pela internet."
A nota saiu pouco depois de Avelino ter sido anunciado por Rosinha Garotinho como indicado para integrar a equipe de transição, como responsável pela área de cultura. Mas pouco antes de João Ventura postar, também no Urgente!, a lista completa dos nomes de tal equipe.
Algumas horas após a prefeita eleita anunciar os nomes de sua comissão de transição, conceder coletiva à imprensa e se reunir pela primeira vez com os indicados por ela –para discutir o que pode não ser exatamente uma distenção lenta, gradual e segura–, Avelino publicou no Aspectos um relato de (quase) tudo o que viveu na tarde de ontem. Pela frase reproduzida abaixo, extraída do texto dele que saiu no blog-trincheira, mostrou que continua atirando.
"Os comentários no Villa Maria, durante a entrevista da prefeita eleita, lembravam que Mocaiber não sabe o que informar e que vai 'empurrar com a barriga'."

2 comentários:

Xacal disse...

"queres conhecer o ignácio, coloca-o em um palácio"...

nenhum comentário "ácido" do ave-lynus de rapina sobre a indicação do "mercenário" boca podre para cuidar das "comissões culturais" do projeto Farol...

Anônimo disse...

Até que enfim ave-lynus vai sair do ar!!Ufa!