quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Propaganda enganosa

Itens que não constavam na pauta de atividades de terça-feira do responsável por este blog impediram que ele publicasse até o final do dia de ontem, conforme havia prometido, a cobertura completa da reunião do Coppam para debater a remoção das esculturas em homenagem à abolição da escravatura da frente do Palácio da Cultura.
Como quarta-feira é o dia em que o blogueiro concentra a maior parte de suas tarefas na Apefaetec, talvez também não possa tratar do assunto hoje. Mas Vítor Menezes postou ontem no blog Urgente! duas notas sobre o encontro do Conselho, abordado ainda em matérias publicadas hoje nos jornais Folha da Manhã e Monitor Campista.
Ao autor destas linhas só resta agora tentar produzir notas ou um texto maior a respeito desse capítulo do imbróglio ora em questão nos próximos dias, partindo não apenas dos registros que tem da reunião do Coppam (fotos e gravação em fita cassete), mas também da divulgação dela na mídia. Ou –quem sabe?– guardar tudo para um trabalho acadêmico sobre todo o caso, por exemplo.
Certo estava o colega Gervásio Neto, quando disse a este Soprador de Vidro que “ser blogueiro não é tão fácil assim”.
Será que os poucos leitores deste veículo que se sentirem lesados pela propaganda enganosa recorrerão ao Procon?

4 comentários:

Xacal disse...

quero o dinheiro do meu ingresso de volta...

será que os ventos do pântano contaminaram o soprador...?

prometeu e não cumpriu, tal e qual nossos valoroso "guias geniais"...

está aí: o primeiro passo para uma candidatura futura...rsrsrsr

Xacal disse...

Editando: (...)valorosos(...)

Gustavo Landim Soffiati disse...

Na verdade não tal qual nossos valorosos guias geniais. Ou ao menos não tal qual um deles, o principal. Promessas desse tipo até que ele cumpre bem. Basta recordar o que ele fez no último dia 7, após registrar, na véspera, que divulgaria, a partir daquela sexta-feira, uma série de informações sobre o mar de lama das gestões Arnaldo-Mocaiber.
Ou seja: em termos de promessas como a que fizemos, eu consegui ser pior que ele.
Guarde essa informação, pois, se um dia eu me candidatar para síndico de prédio ou algo parecido, você poderá se valer dela.

Gervásio Neto disse...

Continuamos na expectativa, Gustavo!!!
Não desanimes!!!